sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Histórias do meu S. Valentim!

Para as minhas amigas mais próximas que passam a vida a dizer que histórias hilariantes só me acontecem a mim, aqui fica a prova de que não é bem assim... às tantas ainda me justificam com um "só pode ser influência tua"!
Que seja. Mas que me ri muito e bem com a história que se segue, essa é que é essa!!!

 
A S. anda há semanas a azucrinar a cabeça do marido com o tema "presente de S. Valentim". Passa os dias a dizer-lhe de forma nada indirecta que o presente que queria era "qualquer coisita para os dias de chuva". Não sei que mais argumentos usou, mas o que é certo é que não pode criticar o marido pela escolha que fez. E mais para a chuva não podia ter sido, o tal presente.
 
É importante referir e ler nas entrelinhas que o presente que ela queria era uma gabardine girissima da marca xpto, e cara por sinal...

Na véspera de S. Valentim, o marido prendado chegou-lhe a casa com o dito em mãos e não resistiu a entregar-lho na hora...
-"Aqui está o que precisavas para a chuva..."
-"O que é isto? (Imagino o ar incrédulo dela a olhar para o presente!)
-"Então não andaste dias a fio a pedir uma coisa para a chuva? É um guarda-chuva! Que mais poderia ser? Já viste a marca? É Cavalli!"
 
Ela ainda em estado de choque, olha para o dito cujo e grita-lhe: "Cavalli??????????? Eu dou-te o Cavalli!! Aqui diz B-Cavalli!!! Isto é o quê? "Burra Cavalli!??????????"

(E toda a gente convencida que houve um sismo. Nahhh. Foi mesmo ela ligeiramente incomodada com a situação.)

E para finalizar, coisa que para mim, equivalia no mínimo a um pedido de divórcio, o maridão, no dia seguinte ao acordar, vem extremamente desiludido da janela, ter com ela e remata o assunto com uma observação maravilhosa: "Já viste o tempo, hoje??? Está sol! Não podes usar o presente que te dei!!!!!!!"

É o Amor, apenas o Amor! 

(obrigada S. por partilhares, espero que não te fiques por aqui!)

Sem comentários:

Enviar um comentário