quarta-feira, 20 de março de 2013

Os loucos são mais felizes.

Em cada um de nós há um louco. Ou uma louca, vá. A dose de loucura presente em cada um será proporcional a quê? Ao tamanho da audácia? Ou ao tamanho da coragem? Ou será ao tamanho da persistência? Em mim ainda não descobri. Acredito piamente que estará associada a uma destas hipóteses ou então ao mix de todas.
 
Só sei que pelo que vejo, aqueles que mais arriscam e que logo são chamados de loucos, são os que me parecem mais felizes. E realizados.
 
Sair da zona de conforto é uma loucura. Arriscar é uma loucura. Mudar é uma loucura.
 
Viver é a maior de todas as loucuras!
 
Neste momento tenho milhentas ideias a fervilhar na minha cabeça e a dizerem-me: Avança. Arrisca. Sê louca!


Águas de bacalhau ou Ventos de Mudança. Veremos no que dá a loucura que me invade.

Prometo continuar a ser uma louca pacífica! E espero, que mais feliz também!
 
 
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário