sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Não mata, mas mói.

Aquela coisa de ter a cabeça a ferver com vontades de muita coisa ao mesmo tempo e depois vai-se a ver e esfuma-se tudo e não se concretiza nada.

Nos últimos tempos a minha vida resume-se a isto. Vontade de tanta coisa e nada acontece.

Ah espera. Não é preciso querer! 

Pois.

2 comentários: