quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Hoje foi assim...

Estou de férias. Faço sempre mil planos para esta semana e normalmente não consigo cumprir nenhum. Mas este ano surpreendi-me! Superei-me ao fim de dois dias de férias! 

Ontem tinha planeado um dia de gata borralheira em casa da minha mãe e cumpri! 

Hoje tinha planeada uma ida à Baixa, uma compra numa loja de bricolage para fazer um favor à minha irmã, uma passagem pela praia para recarregar baterias e uma ida à IKEA  para comprar a única coisa que vou renovar na decoração de Natal este ano - o centro de mesa (mais nada, está decidido).

Graças à encarnação de gata borralheira e ter andado escada acima, escada abaixo a limpar os azulejos da cozinha e a despejar e limpar os móveis da louça, estou partidinha desde os ossos da cabeça aos ossos dos pés, irra... foi dose, mas cumpri! Fazia parte do meu presente de aniversário para ela! :)

Hoje, foi um dia por minha conta. Adoro a Baixa do Porto. Foi uma agradável visita debaixo de um sol de S. Martinho atrasado! Maravilhoso!

Finalmente meti os pés na Vida Portuguesa e apesar do espaço fantástico que ocupam (eu adoro edifícios antigos) e das marcas que ainda persistem, não fiquei satisfeita com os preços nem propriamente com o atendimento... ninguém foi mal educado ou antipático comigo, mas saí de lá com a sensação de nem ter visto os olhos, nem ter ouvido a voz de quem me atendeu. Foi uma cara que não fixei. E sinceramente não gosto disso.

Aproveitei e entrei rapidamente na Lello, confesso que nunca lá tinha ido. Pronto, lá fiquei eu de boca aberta e especada a olhar para aquelas paredes, para o tecto e para a famosa escadaria! (Já disse que gosto de edifícios antigos??) E o cúmulo?? É PROIBIDO FOTOGRAFAR A ARQUITECTURA DA LOJA!!!!? Alguém que me justifique isto com um argumento muito científico porque eu ainda assim não acredito! Os turistas surgiam em catadupa de mapa e roteiro na mão e chegados lá, não os deixavam registar o momento??? Inacreditável! Eu ainda passei os olhos pela secção de poesia, que era o que me apetecia trazer de lá, mas como forma de protesto não o fiz! :(  Escusado será dizer que não resisti e roubei uma miserável foto com o telemóvel em silêncio para não me denunciar. (já sei, já sei, vou arder no inferno!)

Felizmente, para compensar eis que fui lá para os lados da Escola da Árvore e do Passeio das Virtudes conhecer ao vivo e a cores a Maria Sardinha! O espaço é pequenino mas acolhedor, faltam ainda alguns pormenores que estão a ser providenciados, como é o caso do reclame na frente da loja... Hoje foi uma visita de médico apenas para conhecer os produtos, que por acaso, até estavam desfalcados nas prateleiras, tal foi o sucesso da inauguração! Recomendo. Tem preços apetecíveis e  nada escandalosos para a relação qualidade/preço/criatividade. Mas o melhor de tudo: a simpatia, os olhos brilhantes e o sorriso rasgado de quem nos recebe!! São pormenores que fazem a diferença. Obrigada pela atenção, Maria Sardinha! A sorte, essa, já desejei em carne e osso! ;)

Ficou a faltar a ida à Equador, mas essa vai ficar para mais perto do Natal!


Deixo as fotos (fraquinhas, mas as possíveis!)

A Vida Portuguesa

A Vida Portuguesa

A centenária "Fernandes Matos"

Livraria Lello
Maria Sardinha
Mar revolto em Leça
Almoço solitário, mas nada revolto em Leça!








Sem comentários:

Enviar um comentário